quinta-feira, 9 de julho de 2020

Perspectiva Bereana (1) – Como Jeová Guia Seu Povo Hoje? (Parte 3) ®

    Nesta 3ª (e última) parte desta postagem vou continuar analisando como o CG pretende fazer crer que ele é a resposta da questão que dá título ao artigo aqui analisado (Como Jeová Guia Seu Povo Hoje?), o que implica entender que o CG das TJ é a continuidade do CG que atuou no 1º século.

Obs – Como já observei várias vezes neste Blog, mas nunca é demais relembrar, o fato de acabado de afirmar que havia um CG atuando no 1º século, não reflete meu entendimento sobre o tema (na minha compreensão a Bíblia não dá base para se concluir que havia no 1º século qualquer “coisa” semelhante ao CG das TJ), porém, a ideia base de todos os artigos deste Blog é, exatamente, acatar por verdadeiras afirmações feitas pelas TJ a fim de avaliá-las na Bíblia e nas próprias literaturas do CG. 

            Os esforços para afirmar que o CG de hoje equivale ao CG do 1º século tem como principal barreira o seguinte fato:

Os homens do CG do 1º séculos, enquanto homens,

erravam mas, nas funções de CG – JAMAIS!

E basta darmos uma olhada em At. 15:1 a 29 (no qual se relata a “única reunião do CG do 1º século mencionada na Bíblia”), para perceber isso.

Quando o CG chegou a uma conclusão sobre o ponto que motivou a reunião (necessidade dos gentios observarem a lei mosaica, inclusive, quanto a serem circuncidados ou não), lemos:

28 Pois, pareceu bem AO ESPÍRITO SANTO

 E A NÓS mesmos não vos acrescentar

 nenhum fardo adicional, exceto as

 seguintes coisas necessárias:

Este verso é muito significativo pois ele é, na verdade, parte de uma carta que os "membros do CG do 1º século" resolveram escrever a fim de divulgar a decisão tomada. Conforme o verso acima, tal decisão foi aquela que pareceu boa:

Primeiro - AO ESPÍRITO SANTO DE JEOVÁ e

depoisa nós (aqueles que se reuniram

 para deliberar sobre o tema).

            Lucas (escritor do livro de Atos), não escolheu a ordem acima aleatoriamente, ele foi inspirado a escrever assim!

Ao ler o relato bíblico, porém, vemos que a primeira e única vez que o Espírito Santo é citado (como “fazendo parte da reunião” e como tendo “direito a voto” na decisão unanime tomada) só ocorreu na carta que foi escrita em resultado da reunião (no verso 8 a “força ativa de Jeová” até é citada, mas, apenas para se afirmar que Ele foi dado tanto a gentios quanto a judeus).

Se não houvesse essa menção à “força ativa de Jeová” no verso 28, a decisão (para quem tomasse ciência dela apenas lendo a carta) pareceria ter sido tomada, exclusivamente, pelos seres humanos que se reuniram para tratar do tema.

Assim, quem leu a carta soube que a decisão tomada foi, antes de mais nada, A DECISÃO DE JEOVÁ e a reunião serviu apenas para:

1 – a tornar a decisão de Jeová conhecida  

e (como era de se esperar)

2 – para concordarem com ela.

Notem como o CG atual se esforça para afirmar que o “método” de tomada de decisões que adota “hoje” NÃO MUDOU, em relação àquele que ocorria no 1º século  

14Os homens desse corpo governante, como os apóstolos e anciãos em Jerusalém, têm muitos anos de experiência no serviço de Deus. Mas não confiam na sabedoria humana ao fazerem decisões. Não, sendo governados teocraticamente, seguem o exemplo do primitivo corpo governante em Jerusalém cujas decisões baseavam-se na Palavra de Deus e eram feitas sob a direção do espírito santo. — Atos 15:13-17, 28, 29. Lv. Poderá Viver... p. 195

De nada adiantaria o CG atual “seguir o exemplo” o CG primitivo, se o Espírito Santo não os estiver, efetivamente, dirigindo – creio que não haverá divergência neste ponto, não é?

Se a “força ativa de Jeová”, efetivamente, dirige as decisões do o CG de “hoje” (assim fazia no 1º século), então, o CG atual nada mais faz que:

1 - tornar conhecidas as decisões de Jeová

e (como era de se esperar)

2 – concordar com ela.

Por fim, antes de entrar na análise da última parte do texto, cabe relembrar um verso bíblico muito significativo e especial porque, está, exatamente, no livro de Tiago.

E porque estar no livro de Tiago é significativo?

Se voltarmos ao capítulo 15 de Atos veremos que, na verdade, a “moção aprovada” (aquela que o texto da carta escrita afirma ser, antes de mais nada, aquilo que pareceu bom à “força ativa de Jeová” e depois aos demais) nada mais é que a decisão enunciada e anunciada por Tiago (só por ele). Notem:

Após Paulo e Barnabé terem falado (v. 12) passou a falar Tiago (v. 13) e depois de ter relatado algumas coisas (no verso 19) afirma:

Por isso, a MINHA decisão é ...não afligir a esses das nações, que se voltam para Deus, 20 mas escrever-lhes que se abstenham...

Foram, exatamente, as decisões de Tiago (tanto em relação ao tema em questão na reunião do CG, como em relação a forma de tornar a decisão conhecida) que foram adotadas – daí a relevância do seguinte verso bíblico, do livro de Tiago:

17 Toda boa dádiva e todo presente perfeito vem de cima, desce do Pai das luzes celestes, o qual não muda como sombras inconstantes. (Tg. 1)

            Se é dádiva, se é perfeito, como foi a decisão “tomada por Tiago" (na verdade ele sabia e afirmou que esta decisão foi de Jeová), então, ela não foi do homem, não foi “da terra para o céu”, mas sim, “do céu para a terra”, veio do “pai das luzes” e assim devem ser todas as decisões do CG atual se, realmente, ocorrem como ocorria com o CG primitivo, além disso, se o CG atual for, realmente, a continuidade daquele - suas decisões vão refletir as características de Jeová, dentre as quais, como também afirmou Tiago no verso citado:

NÃO VÃO MUDAR COMO

 SOMBRAS INCONSTANTES!

Pois, Quem as enuncia, não é inconstante!

Se o CG das TJ fala (e quer ser levado a) sério quando afirma ser a continuidade do CG Apostólico e quando afirma coisa como:

15 ... Deus falou ao seu povo por intermédio de Moisés e de outros profetas. Depois, Jeová falou-lhe por meio do seu Filho, Jesus Cristo. (Hebreus 1:1, 2) Atualmente, nós temos a completa Palavra inspirada de Deus, a Bíblia Sagrada. Temos também “o escravo fiel e discreto”, designado por Jesus para fornecer o espiritual “alimento no tempo apropriado”. (Mateus 24:45-47) DE MODO QUE DEUS AINDA ESTÁ FALANDO. S. 15/7/98, p. 12

então, é isso que precisa ser defendido em um artigo da Sentinela que se propõem a afirmar que o  CG é o meio pelo qual Jeová dirige seu povo hoje.

Todas as “cartas modernas” do CG (suas publicações físicas e eletrônicas) deveriam, afirmar (At. 15):

28 Pois, pareceu bem AO ESPÍRITO SANTO

 E A NÓS mesmos que...

3 – Análise do Texto (§§12 a 19)

            Até o §11 não houve qualquer prova cabal de como Jeová guia seu povo hoje. O artigo após “falar” sobre o CG primitivo deu um “salto na história”, um “salto” de mais de 18 séculos, para afirmar que o plano de salvação de Jeová, iniciado após a que do homem no Jardim do Eden, fracassou e que em razão disso o cristianismo precisava ser resgatado, sendo que o “resgatador” (entre muitas coisas que não mencionei) chegou a retirar alimento da “bíblia de satanás” e o ofereceu ao povo de Jeová como se fossem verdades provenientes da - Bíblia de Jeová! 

Vejamos se o restante do artigo terá “melhor sorte”.

“QUEM É REALMENTE O ESCRAVO FIEL E PRUDENTE?”

Antes de seguir o texto é bom refletir um pouco sobre o subtítulo escolhido para iniciar o §12.

Como já sabemos, de acordo com a Bíblia, o CG tem como principal função dar às TJ:

Alimento (espiritual) no tempo apropriado (Mt. 24:45) ou

mantimentos (espiritual) no tempo apropriado (Lc. 12:42).

Assim, seja quem for o “escravo”, é isso o que ele tem que fazer, então, vejamos se é isso que o texto reivindica:

12 O Corpo Governante não recebe revelações da parte de Deus nem é perfeito. Por isso, ele pode cometer erros aos explicar assuntos da Bíblia ou ao dar orientações.

Como é que é????

- O alimento, entregue pelo próprio Jesus ao CG – não é perfeito?

- Nem contando o CG das TJ com o auxílio do Espírito Santo guiando-o em todas suas decisões?

- Nem contando com a Bíblia (o instrumento que mantêm o homem de Deus, “PLENAMENTE COMPETENTE” e “COMPLETAMENTE EQUIPADO” (II Tm. 3:16)?

Poderia fazer vários questionamentos, porém, apenas mais um é suficiente:

      Desde quando “ensinar erros ao explicar assuntos bíblicos” e “ao dar orientação” podem ser chamados de:

ALIMENTO ou MANTIMENTO 

 NO TEMPO APROPRIADO?

Aqui temos que voltar aos textos que tratam do “escravo” para perceber algo de grande importância (vou usar a TNM com Referências e vou transcrever os textos de Mateus e Lucas, respectivamente):

45 “Quem é realmente o escravo fiel e discreto a quem o seu amo designou sobre os seus domésticos, para dar-lhes o seu alimento no tempo apropriado? 46 Feliz aquele escravo, SE o seu amo, ao chegar, o achar fazendo assim!

42 E o Senhor disse: “Quem é realmente o mordomo fiel, o discreto, a quem o seu amo há de designar sobre todo o corpo de assistentes, para que lhes dê a sua medida de mantimentos [mantimentos de Jesus] no tempo devido? 43 Feliz é aquele escravo, SE o seu amo, ao chegar, o achar fazendo isso!

Notem, não bastava a volta do amo para que o escravo se tornasse feliz, havia um outro requisito indispensável para tanto – Ele teria que ser encontrado:

FAZENDO ASSIM (ou ISSO).

Fazendo assim (ou isso), o que?

dar-lhes o seu alimento no tempo apropriado?

dê a sua medida de mantimentos no tempo devido?

Ora? Devemos crer que o CG das TJ distribui alimento bíblico espiritual com ERROS desde sempre, ou que, milagrosamente, isso só não ocorreu entre 1914 e 1919, anos nos quais Jesus teria o inspecionado para ver se estavam “fazendo assim”?

Se tal milagre ocorreu, então, tudo o que era crido entre 1914 e 1919 seria crido ainda hoje – inclusive na PIRÂMIDE (=Bíblia de Satanás)!

Hoje você, TJ que lê este artigo,

 acredita na - Bíblia de Satanás?

Como é absurdo cogitar que - alimento espiritual de Jesus – pode ser confundido com – alimento que emana da Bíblia de Satanás – então o mais óbvio que tenho a concluir é que o CG das TJ não foi aprovado na inspeção, pois, insisto, para isso o “escravo” tinha que ser encontrado “fazendo assim” e ensinos errôneos nunca serão – ALIMENTO NO TEMPO APROPRIADO, afinal, alimento errôneo não vem de Jeová, pois, de Jeová o que se pode esperar é:

17 Toda boa dádiva e todo presente perfeito vem de cima, desce do Pai das luzes celestes, o qual não muda como sombras inconstantes. (Tg. 1)

Continuando em seu (real) objetivo (que ao que tudo indica é demonstrar que o CG das TJ nada tem a ver com o CG do 1º século e com Jeová) o que o artigo faz é confessar que desde 1870, passando por 1914 e 1919, o CG ensina erros! Notem:

Tanto é que no Índice encontramos o assunto “Esclarecimento de Crenças”, com uma lista de ajustes em nosso entendimento da Bíblia desde 1870.

Observando a referida lista de “Esclarecimento de Crenças” no Índice indicado podemos ver que a listagem (que está muito longe de ser completa em relação a todos os ensinos “bíblicos” que já foram abandonados pelas TJ) se inicia em 1870 e

 termina neste ano (2020)!

E como se “absurdo pouco fosse bobagem”, o CG "dispara o tiro" que atinge a ambos os seus pés, pois o texto, logo na sequência, afirma:

Na verdade, Jesus não disse que o escravo ia dar alimento espiritual perfeito.

Meu Deus! A única forma de entender a afirmação acima por verdadeira é entendendo que o escravo, enquanto mero distribuidor, só pode distribuir aquilo que recebe, assim, se recebe alimento imperfeito (QUE NÃO É APROPRIADO EM MOMENTO ALGUM), só pode distribui alimento imperfeito, logo, o problema não está na distribuição mas sim na PRODUÇÃO e vamos quem é, em última análise, é o produtor:

Eu sou a videira verdadeira,

 e meu Pai é o agricultor.

(Jo. 15:1 -ARA)

Jeová e Jesus são os responsáveis pelo CG distribuir alimento espiritual incorreto!

É nisso que você acredita?

No restante do texto, finalmente, se irá tratar do subtítulo “QUEM É REALMENTE O ESCRAVO FIEL E PRUDENTE?” e não obstante ter (nas entrelinhas) acabado de negar que o seja, irá defender que é! Vejamos como isso será feito:

 Então, como podemos saber a resposta da pergunta de Jesus: “Quem é realmente o escravo fiel e prudente?” (Mat. 24:45) Que provas temos de que o Corpo Governante é o escravo fiel?

No que depender de Mt. 24:45; Lc. 12:42; de Jeová; de Jesus e daquilo que este artigo da Sentinela revela, o CG das TJ (pelo fato de distribuir alimento espiritual bíblico incorreto e colocar a culpa em Jeová e em Jesus), não foi, não é nem nunca será o “escravo fiel”!

- Vejamos se o texto irá apresentar algum elemento para que pensemos diferente:

Vimos três ajudas que o corpo governante tinha no tempo dos apóstolos para liderar o povo de Deus. Será que o Corpo Governante hoje tem essas mesmas ajudas?

A reposta mais óbvia, para quem acabou de afirmar que distribui “alimento espiritual imperfeito (NO TEMPO APROPRIADO)” seria um sonoro NÃO, pois, já sabemos, de antemão, que toda a ajuda recebida não impede que o erro seja ensinado pelo CG atual, assim, ao defender que as ajudas disponíveis “hoje” são as mesmas do 1º século, só podemos chegar a uma dentre duas possibilidades:

– as 3 ajudas só atuaram de forma eficazes (garantindo o ensino dá verdade) no 1º século ou

– as 3 ajudas, caso tenham voltado a atuar após 18 séculos de inatividade, retornaram incapazes de garantir o ensino da verdade!

Se há uma verdade comum a estas 2 hipóteses, esta verdade é:

JEOVÁ FRACASSOU!

Contra toda a probabilidade, porém, o texto vai dizer que nada mudou em relação ao 1º século, que as ajudas que o CG apostólico tinha, continuam atuantes e que são eficazes. Vejamos:

13 Espírito santo. O espírito santo tem ajudado o Corpo Governante a entender verdades da Bíblia que antes não eram entendidas. Por exemplo, pense na lista de ajustes em nosso entendimento mencionada no parágrafo anterior. É claro que nenhum humano poderia ter entendido e explicado sozinho essas “coisas profundas de Deus”. (Leia 1 Coríntios 2:10.)

Crer em pirâmide (ou em Bíblia de Satanás) como uma “Testemunha de Jeová”,  nada tem a ver com “coisas profundas de Deus”!

           Tudo o que se ensinou com base na pirâmide foram mentiras, mentiras ensinadas como se verdades fossem pelo “único canal de comunicação que Jeová usa” e para os “alimentados” da epóca, tudo que era ensinado por Russell (o resgatador do verdadeiros cristianismo) era “alimento no tempo apropriado” provido por Jesus, porém, estavam (na verdade, foram) redondamente enganados e muitos deles morreram acreditando na – Bíblia de Satanás!

O que mais me impressiona, porém, é a “malandragem” do escritor deste artigo, ela não tem tamanho!

O escritor pretende transformar os erros que o CG já ensinou ao longo dos anos em uma prova de que o CG das TJ é “o escravo”, afinal, na visão do escritor do artigo (embora isso não seja dito expressamente) a “força ativa de Jeová”:

não é responsável pelos erros nos quais as TJ acreditam, mas,

 é pelas correções “no alimento no tempo determinado”!

Se o CG de hoje é o equivalente ao do 1º século preciso perguntar:

 Qual foi o erro ensinado pelo CG do 1º

 século que precisou ser corrigido?

Se a atuação do Espírito de Jeová impedia aqueles homens imperfeitos de errar quando o assunto era “alimento no tempo apropriado”, porque não impede mais “hoje”? O que ocorreu com a força ativa de Jeová?

Se tornou incapaz de impedir que mentiras

sejam ensinadas ao povo de Jeová, no nome de Jeová?

O que o CG pretende é que, não obstante fornecer alimento espiritual imperfeito, não há diferença entre o CG do 1º século e o de “hoje”!

Tudo é igual, porém, ao basear decisões na Palavra de Deus, sob a direção do Espírito Santo e com auxílios de anjos, o CG atual, toma decisões biblicamente erradas, leva pessoa a crer em mentiras, não obstante, tudo tenha que ser encarado como “alimento no tempo apropriado”, provido pelo “único canal de comunicação que Jeová usa” e se uma TJ não crer e não seguir tudo o que o CG ensina, mesmo que seja apenas na parte errada do ensino, não importa, se tornar pública sua discórdia será desassociada!

No restante do texto, não obstante já ter confessado que ensina e dá orientações biblicamente incorretas, continua o CG se esforçando para parecer que não há diferença entre o CG antigo e o atual! Vejam:

O Corpo Governante pensa como Paulo, que escreveu: “Dessas coisas também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com as ensinadas pelo espírito.” (1 Cor. 2:13)

De que adianta o CG “pensar como o apóstolo Paulo” se ao ensinar, existe a seguinte e fundamental diferença entre os ensinos de Paulo e do CG atual:

- Quando Paulo ensinava o que o Espírito lhe ensina só verdades vinham a luz mas, quando o CG atual ensina aquilo que “a força ativa de Jeová” guiou para que fosse concluído como sendo ensino bíblico correto, o que se vê são erros e a ciência de que se ensina erros – logo é a “força ativa de Jeová” que guia o CG a ensinar os erros que ensina!

E, como se não tivesse acabado de confessar que ensina o erro, continua o texto:

 A luz da verdade da Bíblia ficou escondida por centenas de anos. Mas desde 1919, o entendimento da verdade tem aumentado rapidamente. Não existe outra explicação para isso a não ser a ajuda do espírito santo de Deus, não acha?

Vou responder a esta última pergunta:

Não acho não! Aliás, tenho certeza que não!

E se você acha, acho muito bom rever seu “achismo” quanto a isto!

Não acho, a começar pela afirmação, antibíblica, de que a verdade bíblica ficou escondida por centenas de séculos (afirmação que confirma que o Jeová fracassou por mais de 18 séculos seguidos)!

Não há texto bíblico que afirme que a verdade da Bíblia ficaria escondida, pelo contrário, o que afirma é que ela é “lâmpada para os pés e luz para o caminho” (Sl.119:105) e por mais que as páginas do novo testamento alertem para o surgimento de falsos profetas, falsos mestres, de joio em meio ao trigo, de cabritos, temos a promessa da presença de Jesus todos os dias!

Por todos os textos que falam sobre apostasia, cito I Tm. 4:1-2, no qual a “força ativa de Jeová” nos ensina:

Mas o Espírito expressamente diz que, nos últimos tempos, apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios, pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência (ARC)

Mesmo considerando o período entre o fim dos 100 primeiros anos DC e 1870, já faziam parte dos “últimos tempos”, temos que neste período (APENAS) ALGUNS apostatariam da fé e não todos, assim: sempre houve trigo, sempre houve ovelhas, portanto, sempre foi necessária alimentação espiritual e acreditar que Jeová deixaria a imensa maioria das pessoas que já viveram neste planeta sem “verdades Bíblicas” é absurdo, afinal, a luz (do conhecimento bíblico, segundo ensinam as TJ) não brilha mais e mais (Pv. 4:18)?

            Vejamos mais provas de quão, “diferentemente igual” é o CG de “hoje” e do passado.

14 Anjos. O Corpo Governante hoje tem a enorme tarefa de cuidar da obra de pregação feita por mais de 8 milhões de publicadores no mundo inteiro. Por que esse trabalho tem dado tão certo? Porque, entre outras coisas, os anjos estão ajudando. (Leia Apocalipse 14:6, 7.) Em muitos casos, uma pessoa tinha acabado de orar pedindo a ajuda de Deus quando os publicadores falaram com ela! Em alguns países, existe forte oposição à nossa obra. Mesmo assim, a obra de pregação e de fazer discípulos continua crescendo no mundo todo. Isso só é possível com a ajuda que Deus nos dá por meio dos anjos.

            O “alimento espiritual” servido pelo CG, como confessou, pode ser imperfeito, as orientações podem estar erradas, coisas que se creem como “verdades” são mentiras e, não obstante, devemos crer que Jeová manda seus anjos auxiliarem na distribuição de tais ensinos?

            Só se for para acreditar que Jeová não se contenta em ser o responsável pelas mentiras que o CG atual ensina, ele ainda manda os anjos auxiliarem na divulgação delas!

Que “Jeová” é este?

Vejamos mais:

15 Palavra de Deus. O Corpo Governante é guiado pela Palavra de Deus. (Leia João 17:17.)

Excelente ideia! Vamos ler Jo. 17:17

Santifica-os por meio da verdade; a tua palavra é a verdade.

A palavra de Deus, via Bíblia, sem dúvida, é a verdade, já a palavra de Deus, via CG “atual”, conforme o próprio confessou mais acima, consiste em erros (no ensino de doutrinas bíblicas e ao dar orientações)! Em resumo, consiste em

 “alimento espiritual” IMPERFEITO!

É esta a “dadiva perfeita” a qual Tiago se refere!

É assim que Jeová alimentada seu povo!

Se o CG é guiado pela palavra de Deus e ela é a verdade, então, o que o CG faz, guiado pela “força ativa de Jeová”, é PERVERTER a Bíblia, por transformar a verdade em mentiras!

Se eu fosse uma TJ me sentiria muito confuso, em especial, ao ler esta outra declaração da Sentinela:

2 Sem conhecimento exato podemos ser enlaçados por ensinos falsos promovidos pelo opositor de Deus, Satanás, o Diabo, que é “mentiroso e o pai da mentira”. (João 8:44) Portanto, se certa doutrina contradiz a Palavra de Deus, se é uma mentira, então, crer nela e ensiná-la desacredita a Jeová e nos coloca em oposição a ele. Assim, temos de examinar cuidadosamente as Escrituras Sagradas para saber distinguir entre a verdade e a falsidade. (Atos 17:11) S. 1/6/88 p.15

Ora! Se o CG, mesmo sendo guiado pela “força atividade Jeová”, mesmo tendo sido escolhido por Jesus, erra ao ensinar a Bíblia, então as TJ:

- não têm conhecimento exato!

- estão enlaçados por ensinos falsos do Diabo!

- creem e ensinam mentiras, logo, estão em oposição a Jeová!

- Não obstante tudo isto, esta obra é de Jeová

e não de homens (é nisso que uma TJ deve crer)!?

Além disso:

- se nem o CG consegue distinguir a verdade da falsidade (com toda ajuda que tem) imagine se as TJ estão habilitadas a “examinar cuidadosamente as Escrituras Sagradas para saber distinguir entre a verdade e a falsidade”!

- At. 17:11 é inútil para as TJ, aliás, quando foi que você, enquanto TJ, teve liberdade para, em relação aos ensinos do CG, examinar:

...cuidadosamente as Escrituras, todo dia,

 para ver se tudo era assim mesmo.

Vc. só tem essa liberdade se for para

 concordar com os ensinos do CG!

Mas, não obstante, o artigo continua tentando nos convencer de que o CG é o instrumento escolhido por Jesus, que alimenta o povo de Jeová com:

Alimento (imperfeito)

 – no tempo apropriado!?

Vejamos os demais argumentos neste sentido:

Veja o que aconteceu em 1973. A Sentinela de 1. de dezembro de 1973 perguntou se quem fuma pode se batizar. O artigo mostrou que, de acordo com a Bíblia, a resposta é não. Com base em vários textos bíblicos, o artigo explicou por que um cristão que não parasse de fumar seria desassociado. (1 Cor. 5:7; 2 Cor. 7:1) Disse também que essa decisão firme era “realmente de Deus, . . . por intermédio de sua Palavra escrita”.

Vou comentar rapidamente a Sentinela citada, pois, não é o tema aqui, mas é importante mostrar onde está a verdadeira preocupação do CG:

O hábito de fumar causa dependência química e se livrar disso, salvo por um milagre – coisa que as TJ não acreditam que ocorre nos dias de hoje – é um processo longo e bastante complicado (que causa, inclusive, síndrome de abstinência) mas, de forma alguma, Deus rejeita a um fumante que é consciente do pecado e do mal que o fumo causa e que quer, efetivamente, parar, até porque, o amor de Deus nos alcança exatamente quando estamos mortos em delitos e pecados – Ef. 2:1 – e foi, exatamente, para os doentes que Jesus veio e não para quem é são – Mc. 2:17.

Assim, rejeitar fumantes (cônscios de que devem e que querem parar de fumar) para o batismo e desassociar quem fuma é rejeitar, na “organização de Jeová” doentes a quem Jeová acolhe, e porque é assim?

Tudo porque “pega mal” para a organização se for público e notório, que “fulano” ou “fulana” fuma e é TJ, é necessário manter a “pureza” da organização, que é formada, “com toda a certeza” de seres humanos que não pecam ou que, se pecam, mantêm o pecado em oculto aos olhos de outros e aí podem estar na “organização de Jeová”, embora Jeová esteja bem ciente dos pecados ocultos de todas as TJ!?

Como já diria o Robin:

“Santa Hipocrisia” (em nome de Jeová) - Batman!

Mas, porque, ao invés de dar apenas um exemplo (supostamente) correto de “porção de alimento no tempo apropriado” não se citou, de forma específica, um exemplo de alimento imperfeito para comprovar ensinos errados?

Porque apenas remeteram a uma lista de “correções de entendimento” que, muito provavelmente, nenhuma TJ foi consultar?

- Bem, como faltou este exemplo na Sentinela ora analisada, manda a “perspectiva bereana”que eu dê tal exemplo e nada melhor do que voltar a falar da “Bíblia de Satanás”:

Por uns 35 anos, o Pastor Russell pensava que a Grande Pirâmide  de Gizé fosse a pedra de testemunho de Deus que confirmava períodos bíblicos. (Isa. 19:19) Mas as Testemunhas de Jeová abandonaram a idéia de que uma pirâmide egípcia tenha algo que ver com a adoração verdadeira. (Veja os números de 15 de novembro e de 1. de dezembro de 1928 da “Watchtower”.). Livro Proclamadores p. 201

Pense comigo: Você poderia abandonar algo que você não tem nem nunca teve?

Então as TJ, por cerca de 35 anos (na verdade foi mais do que isso), tiveram a ideia de que crer em um pirâmide egípcia (a primeira TJ da história das TJ), era algo corretamente associado à adoração verdadeira, aliás, associado ao resgate do verdadeiro cristianismo, inclusive, quando Jesus aprovou seu “escravo”, em 1919, o encontrou distribuindo e acreditando nesta “piramidal porção de alimento espiritual no tempo apropriado”, porém, em 15 de novembro e 1º dezembro de 1928 (portanto quase 9 anos depois), uma nova porção de “alimento no tempo apropriado” chegou para as TJ e segundo este, crer na pirâmide era crer na:

BÍBLIA DE SATANÁS!

Vejamos o que afirma a Sentinela cujas referência eu destaquei acima:

 “Então Satanás colocou seu conhecimento na pedra morta, que pode ser chamada Bíblia de Satanás, e não testemunha pétrea de Deus” (S. 15/11/1928, p. 344, § 37)

Com toda a certeza, este seria um belíssimo e definitivo exemplo de que o CG, guiado pelo Espírito de Jeová, realmente, erra ao dar explicações bíblicas, porém,

SE JEOVÁ E JESUS TIVESSEM QUALQUER

 COISA A VER COM ISSO TUDO,

então, temos que concluir que, por certo e longo período, Jeová e Jesus julgaram apropriado que o CG (guiados pela “força ativa de Jeová), distribuísse alimento “colhido” na Bíblia de Satanás!

Este seria um exemplo perfeito (e há muitos outros) que poderia citar para comprovar que o escravo, realmente, distribuí alimento espiritual bem imperfeito,  porém, jamais o exemplo que escolhi seria dado nesta Sentinela, pois, o objetivo do artigo, não obstante a confissão feita, é continuar afirmando que o CG é o escravo que Jesus escolheu em 1919, porém, o restante da argumentação utilizada continuará incapaz de provar este ponto, em especial, quando passa a tentar provar que o CG é o “escravo”, não em si mesmo, mas em comparação com as demais religiões. Vejamos:

Será que alguma outra religião está disposta a seguir a Palavra de Deus mesmo quando isso é um grande desafio para alguns dos seus membros? 

Recentemente, um livro sobre as religiões nos Estados Unidos disse: “Líderes de religiões cristãs muitas vezes mudam seus ensinos para combinar com as crenças e as opiniões dos seus membros e da sociedade em geral.”

Inicio respondendo à questão - Com certeza, considerando o mundo inteiro, há muitas outras religiões dispostas a seguir a Bíblia, mesmo quando fazê-lo é um grande desafio, aliás, viver de acordo com a Bíblia é um grande desafio para qualquer pessoa.

- Notem apenas a ordem de:

“amar a Deus sobre todas as coisas e

 ao próximo como a si mesmo”.

Eu sei que isso é o ideal, eu quero isso para mim, mas eu nem sempre consigo. E você?

Não sei qual é o livro citado no trecho acima, não sei o que o escritor tinha em mente quando escreveu, mas o que se lê em tal livro que é “muitas vezes” (veja o sublinhado acima) religiões mudam de ensino para adaptá-los ao entendimento da sociedade, logo, isso não ocorre sempre, o que mostra que a citação do livro vai contra a conclusão da retórica pergunta lançada que, na visão das TJ seriam: "Não, apenas as TJ fazem isto"!

 Agora vejamos a “superioridade”:

O Corpo Governante não é guiado pelo que é popular no mundo, mas pela Palavra de Deus. Se é assim, quem realmente está liderando o povo de Deus hoje? Só pode ser Deus.

- Ser guiado pelo que é “popular no mundo”, certamente, vai resultar em muitos erros já

- ser guiado pela força ativa de Jeová, pela Palavra de Deus e ajudado por anjos, deveria resultar em erro algum (se a palavra que guia é perfeita, se o Deus que produziu tal palavra é perfeito, se o Espírito de Deus Todo Poderoso produz uma guia perfeita, porque deveríamos esperar algo diferente da perfeição nos ensinos do CG atual?), porém, já sabemos que não é isso o que ocorre!

Pensando bem, não é muito grande a diferença, afinal, ser guiado por aquilo que é popular resulta em erros (erros graves) e ser governado pelo CG que “resgatou o cristianismo perdido ao longo dos séculos” também resulta em erros (erros graves, como consumir alimento da bíblia de Satanás, entendo e ensinando a outros que tal alimento, é alimento espiritual “de Jeová”, “no tempo apropriado”!

Se esta obra não é de homens, mas de Deus,

 eu preciso perguntar: Qual deus?

Vamos em frente:

“LEMBREM-SE DOS QUE EXERCEM LIDERANÇA”

16 Leia Hebreus 13:7. A palavra grega traduzida “lembrem-se” também pode ser traduzida “mencionem”. Assim, uma maneira de ‘se lembrar dos que exercem liderança’ é mencionar o Corpo Governante em nossas orações. (Efé. 6:18) Pare e pense nas muitas responsabilidades que eles têm, como dar alimento espiritual, cuidar da obra de pregação no mundo todo e decidir como usar os donativos. Com certeza eles precisam de nossas orações!

Se eu fosse TJ e devotasse minha vida a servir a Jeová, sob o Governo do Corpo Governante, e, sabendo que eles, em meio a coisas corretas (que, certamente, existem) me ensinam coisas incorretas sobre a Bíblia, me fazendo consumir um estranho “alimento espiritual imperfeito no tempo apropriado”, eu oraria a Deus, para confirmar se tanto eu, como todas as demais TJ, bem como os homens do CG estamos no “caminho certo”, estamos, realmente, na “organização de Jeová” ou se apenas pensamos que estamos.

Esta seria uma oração muito sincera e com ampla razão fática para ser feita muitas vezes!

17 Além de orar pelos membros do Corpo Governante, nós podemos nos lembrar deles por seguir suas orientações. O Corpo Governante nos dá orientações por meio das publicações, reuniões, assembleias e congressos. (...)

Além de lembrar do CG, orando por ele, também é possível “lembrar” dele por:

seguir suas ORIENTAÇÕES” e isso está sendo afirmado mesmo após o artigo ter revelado que (no §12) que:

O Corpo Governante não recebe revelações da parte de Deus nem é perfeito. Por isso, ele pode cometer erros (...) ao dar ORIENTAÇÕES

Então, podemos completar o §17 acima da seguinte forma:

O Corpo Governante nos dá orientações, inclusive, incorretas, por meio das publicações, reuniões, assembleias e congressos.

Além de poderem ser incorretas, também é necessário destacar o termo “orientações”. Sobre este termo o Dicionário Eletrônico Houaiss, afirma:

Orientação significa, entre outras coisas, «ato ou efeito de orientar(-se), de direcionar(-se) para o Oriente; orientalização» e «determinação dos pontos cardeais a partir do lugar ocupado por um indivíduo».'

https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-origem-da-palavra-orientacao/23762

            Em nenhum sentido o termo orientar significa ORDEM, então:

 quem orienta, não ordena, a não ser que

seja uma “ordem” disfarçada de orientação.

Exemplificativamente: O genitor que explicar a um filho menor os perigos de brincar com um ferro de passar roupas o está orientando.

Ordem seria este mesmo pai (com ou sem qualquer explicação) proibir o filho de brincar com o ferro de passar roupas.

Neste ponto, ainda melhor que dar exemplo é pedir para que o(a) leitor(a) TJ deixe de usar de hipocrisia, para auto admitir:

- O CG usar a palavra “orientação”, nada mais é que um eufemismo para ORDEM, não é?

- Você pode, LIVREMENTE, SEM MEDO DE QUALQUER CONSEQUÊNCIA, discordar do “conselho” de um ancião (que representa o CG de forma local) ou de qualquer outra “autoridade” da cadeia de hierarquia de usa religião?-               - Pior que discordar, você pode agir, exatamente, em sentido contrário ao que foi orientado, deixando  bem claro para todos que assim o fará?

- Você pode discordar de um ensino do CG, relacionado à Bíblia, mesmo este artigo já tendo confessado que o CG:

“...pode cometer erros aos explicar assuntos da Bíblia...” (§12)?   

As TJ sabem muito bem que não podem rejeitar nenhuma das orientações que recebem e há pelo menos uma Sentinela (que eu conheça) onde o CG expressou isso de forma muito clara:

11 ... Devemos comer, digerir e assimilar o que se coloca diante de nós, sem rejeitar certas partes do alimento porque talvez não convenha ao capricho do nosso gosto mental. AS VERDADES que havemos de publicar são aquelas que a organização do escravo discreto fornece, não algumas opiniões pessoais contrárias ao que o escravo providenciou como sendo sustento conveniente. S.1/11/52 p. 26

Esta afirmação traz a verdade sobre o tema: aquilo que o escravo providenciou como sendo sustento conveniente (ainda que BIBLICAMENTE INCORRETO) deve ser “comido, digerido e assimilado” pelas TJ, sob pena de desassociação (excomunhão) e isso nos leva à seguinte conclusão:

A TJ não precisa (nem deve) pensar nas orientações

que recebem do CG,  a elas cabe apenas: comer, digerir e assimilar

tudo aquilo que o CG colocar diante delas!

Aliás, o próprio parágrafo ora comentado, em sua sequência, deixa claro que o termo “orientação” é um eufemismo para “ordem”, como vemos na sequência dele:

Eles também designam os superintendentes de circuito, e os superintendentes de circuito designam os anciãos. Esses superintendentes e os anciãos se lembram do Corpo Governante por sempre seguirem às orientações que recebem. Quando obedecemos e respeitamos os homens que tomam a liderança, mostramos respeito pelo nosso Líder, Jesus. — Heb. 13:17.

Primeiro é lembrado ao leitor que o CG designa as demais figuras de autoridade na cadeia de comando e que tais comandados SEMPRE SEGUEM as orientações (mesmo que incorretas)!

Antes de continuar necessário reafirmar:

Orientação se segue,

 Ordem, se OBEDECE.

E aí vem o “gran finale” deste parágrafo (2º sublinhado acima)

- OBEDECER (as ORDENS) do CG = respeitar JESUS.

Então:

- obedecer a ordens erradas (e se você obedecer todas elas estará obedecendo, também, as ordens erradas) e acreditar em ensinos bíblicos errados (e se você acredita em tudo o que o CG ensina, então, também estará crendo em mentiras) = RESPEITAR A JESUS!

Para ter controle absoluto sobre as TJ, sem dúvida, esta é uma associação muito pertinente, porém, não podemos esquecer que o CG também ensina que:

Portanto, se certa doutrina contradiz a Palavra de Deus, se é uma mentira, então, crer nela e ensiná-la desacredita a Jeová e nos coloca em oposição a ele. Assim, temos de examinar cuidadosamente as Escrituras Sagradas para saber distinguir entre a verdade e a falsidade. (Atos 17:11) S. 1/6/88 p.15

Note que conclusão interessante, com base na citação acima, chegamos aqui:

COMER, DIGERIR E ASSIMILAR TUDO O QUE O CG ENSINA

 (inclusive os erros) = respeitar JESUS = ESTAR EM OPOSIÇÃO A JEOVÁ!?

Por fim é necessário dizer que a submissão aos que exercem liderança é relativa e para perceber isso basta lembrar o que Jesus advertiu sobre um cego que guiar a outro cego.

Além disso, conferir se o ensino está correto na Bíblia não é insubmissão, se fosse, Lucas não teria elogiado os crentes de Bereia em Atos 17:11 e depreciado os de Tessalônica, mas, como já disse, as TJ só têm esse direito se for para concordar com tudo o que o CG ensina, do contrário, não! Vejamos mais:

18 Outra maneira de nos lembrarmos do Corpo Governante é fazer o nosso melhor na pregação. Paulo incentivou os cristãos a imitar a fé dos que exercem a liderança. Como podemos fazer isso? O Corpo Governante tem feito de tudo para que as boas novas sejam pregadas na Terra inteira. Isso mostra a grande fé que esses irmãos têm. Quando participamos na pregação, apoiamos esses irmãos e imitamos sua fé. Você é uma das outras ovelhas que têm feito isso? Então imagine como vai ser bom quando nosso Líder, Jesus, disser: “O que vocês fizeram a um dos menores destes meus irmãos, a mim o fizeram.” — Mat. 25:34-40.

              Levar as boas novas de Jesus, deveria fazer lembrar de Jesus, afinal, não é para e nem em razão do CG que as boas novas devem ser levadas, confere?

            Até onde saiba, quando Paulo disse para seremos imitadores dele (ICo.11:1), não estava se colocando por padrão a ser seguido (aliás, se considerando Paulo o maior dos pecadores - I Tm. 1:15 - dificilmente ele se colocaria por padrão), mas assim afirmou porque o referencial dele era Cristo (como afirma a parte final de ICo.11:1).

            O CG faz tudo para que as “boas novas”

 sejam pregadas em todo a terra?

Será mesmo?

Será que saem a pregar de porta em porta (não tenho certeza mas creio que não). Eles têm grande fé? Até onde saiba, se o ser humano conseguir ter fé do tamanho de um grão de mostarda, isso já seria muito!

O que este artigo me ensinou é que tais homens cometem erros ao explicar a Bíblia mesmo, segundo alegam, sendo guiados pela "força ativa de Jeová" e pela perfeita palavra de Jeová!

            As TJ, estas sim, dedicam suas vidas a levar a palavra (do CG) ao todo o mundo.

Por fim, leiam o texto de Mt. 25:34-45 (citado no final do trecho acima transcrito) e notem que não é por levar a palavra (do CG) a todo o mundo que Jesus afirma “que é por ele que estão fazendo”, mas sim, fazem por ele quando: dão de comer a quem tem fome, água a quem tem sede, visitam os presos e enfermos, em resumo, praticam a religião pura e sem mácula de que fala Tg. 1:27.

19 Quando Jesus voltou para o céu, ele não abandonou seus seguidores. (Mat. 28:20) Ele sabia muito bem como tinha sido ajudado pelo espírito santo, pelos anjos e pela Palavra de Deus a tomar a liderança enquanto estava na Terra. Por isso, ele dá essa mesma ajuda ao escravo fiel hoje. (...)

Como já ressaltado,  se a interpretação do CG sobre Mt. 24:45 estiver correta, então, Jesus dá muito mais do que ajuda, ele dá o próprio alimento que o “escravo” distribui, porém, como acreditar que: 

O alimento de Jesus pode conter erros?

Como acreditar que mesmo ajudado por Jesus:

Inverdades bíblicas são ensinadas como sendo

 “alimento no tempo apropriado”?

Essa conta, simplesmente, não fecha!

Como cristãos ungidos, os membros do Corpo Governante “estão seguindo o Cordeiro para onde quer que ele vá”. (Apo. 14:4) Quando seguimos as orientações deles, na verdade estamos seguindo o nosso Líder, Jesus. Em breve, Jesus nos “guiará a fontes de água da vida” e vamos poder viver para sempre! (Apo. 7:14-17) E que líder humano pode prometer isso?

Ao ensinar erros bíblicos e dar conselhos errados

 está o CG (e que os segue) seguindo a Jesus?

Seguindo o único caminho (Jesus) é que se encontra as fontes da água da vida e não ao CG, pois, este anda por caminhos nos quais Jesus não se encontra, fornece alimento espiritual imperfeito, que não vem de Jesus, como se confessou neste artigo.

            Qual líder humano pode prometer o que Jesus promete?

 NENHUM (muito menos os que integram o

 Corpo de Governante da vida das TJ)

Concluindo: Como Jeová guia seu povo hoje?

- Com auxílio do Espírito Santo?

Com certeza (ele é o professor).

- Pela Bíblia?

Sem dúvida (ela deixa o homem, plenamente competente e completamente habilitado – IITm.3:16 – em termos de material de estudo, até podemos ter outros, mas, precisar, só precisamos da Bíblia)

- Com auxílio dos Anjos – Eles anelavam por pregar o evangelho em nosso lugar (IPe. 1:2), mas como a tarefa foi dada aos homens e mulheres de Jeová, certamente, eles auxiliam (a espalhar as dádivas perfeitas que descem do Pai das Luzes e não – e não mentiras misturadas com verdades).

- Pelo CG das TJ? – O artigo que aqui termino de analisar, em uma “Perspectiva Bereana”, para mim se tornou a maior prova de que a resposta a esta pergunta é um sonoro:

NÃO!

E PARA VOCÊ, CARO(A) LEITOR(A)?

-----------------

Você concorda com as conclusões acima ou você concorda apenas em parte com elas? Você tem outros argumentos que apoiem minhas conclusões ou  você tem argumentos que desacreditem (no todo ou em parte) o que escrevi? Você quer cópia das página da Sentinela que "fala" sobre a pirâmide? Você encontrou algum erro de escrita que exige correção? Seja para responder quaisquer das perguntas acima ou para afirmar qualquer outra coisa que queira, após ter lido este artigo, escreva para mim deixando uma ou mais mensagem no blog ou por e-mail (1tessalonicenses5:21@gmail.com). Desde já, agradeço.